Bem-vindo

Uma das muitas lendas relacionadas com o nascimento do café narra que, um  monge ao ingerir uns frutos silvestres de cor vermelho vivo, se sentiu estranhamente vigilante ao ponto de não conseguir adormecer e, desperto o suficiente para poder fazer as suas orações à alvorada. O monge pensou que, assim teria encontrado a solução para conseguir manter todos os seus fiéis concentrados e vigilantes durante os momentos de oração nocturna. 

 

Área de Clientes